Está presa preventivamente a policial penal de 34 anos suspeita de atirar na cabeça do marido, um policial militar de 38 anos. Ela nega o crime e disse para a polícia que a arma disparou acidentalmente. O homem foi atingido de raspão, atendido e não corre risco. O crime de tentativa de homicídio será investigado pela Polícia Civil. O caso foi registrado na última...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários