O governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia decretaram ponto facultativo nos órgãos públicos estaduais e municipais, respectivamente, na próxima sexta-feira (17), no dia seguinte ao feriado de Corpus Christi, que ocorre nesta quinta-feira (16), e que também não terá expediente.

Os decretos, assinados pelo governador Ronaldo Caiado (União Brasil) e pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos), foram divulgados nos diários oficiais do Estado e do município.

Ambas as normativas preveem que os serviços essenciais, como saúde e limpeza pública, devem ser prestados em regime de plantão na capital.

“O ponto facultativo não se aplica aos órgãos que desenvolvam atividades que, por sua natureza ou em razão do interesse público, tornem indispensável a continuidade do serviço, a exemplo das unidades de saúde, de policiamento civil e militar, de bombeiro militar, arrecadação e fiscalização”, decretou o governador Ronaldo Caiado.

Leia também:

- BRs 153, 414 e 080 têm obras com interdição parcial de tráfego em Goiás nesta semana

- Ano de 2022 terá apenas um feriado nacional prolongado; veja lista