A Agência Municipal do Meio Ambiente de Goiânia (Amma) autuou pessoas que utilizavam a Área de Preservação Permanente para plantar e comercializar mandiocas no Residencial Senador Albino Boaventura. O caso aconteceu nesta sexta-feira (29) quando a equipe de fiscalização da agência detectou a irregularidade. Os autos de infração chegam a somar mais de R$ 200 mil. D...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários