O governo de Goiás vetou completamente o Projeto de Lei nº 1420/19, de autoria do deputado Amilton Filho (MDB), que criava medidas de apoio a vítimas de bullying em escolas de Goiás. A justificativa é de que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) apontou vício de inconstitucionalidade. Isso porque seria criado um órgão, no caso uma equipe multidisciplinar, na adm...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários