Diante de um novo adiamento do julgamento dos acusados pela morte do jornalista Valério Luiz, a promotoria que atua no caso diz que os recentes movimentos de advogados demonstraram que a defesa está "perdida".  É o que afirma o promotor de Justiça, Sebastião Marcos Martins. Na avaliação de Martins, a decisão da defesa do empresário Maurício Sampaio de deixar o plenário para forçar a suspensão não altera a situação do acusado de ser o mandante do crime ocorrido em 201...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários