Algumas cidades goianas registraram redemoinhos “gigantes” de poeira nos últimos dias. Em Goianira, o fenômeno foi visto às margens da BR-070, na tarde de segunda-feira (1º), e em Aparecida de Goiânia, no último domingo (31).

Os redemoinhos são colunas de poeira que partem do chão girando. Eles surgem quando a temperatura do ar e do solo estão muito elevadas, o que o explica o fato de muitas vezes serem formados em meio a queimadas. No caso de Aparecia de Goiânia aconteceu exatamente isso, o fenômeno se formou próximo a uma área onde a vegetação estava em chamas.

Os redemoinhos de poeira podem ser vistos em qualquer época do ano, mas são mais comuns no fim do inverno e na primavera, quando as temperaturas estão mais altas e a umidade relativa do ar baixa. Conforme mostrado pelo POPULAR na última segunda-feira (1º), a previsão em Goiás para o mês de agosto é de muito calor e tempo seco, o que indica, portanto, que avistar redemoinhos poderá ser comum nos próximos dias.

A altura de um redemoinho pode variar muito, sendo que alguns podem ficar centenas de metros acima do solo. Já a largura pode ser de dezenas de metros, alguns mais densos, acumulando muita poeira, e outros mais ralos que permitem a visão através deles. Eles costumam se formar em dias ensolarados, com poucas nuvens e tem duração de poucos minutos.

Leia também:

Fenômeno da superlua pode ser visto nesta quarta (13) em Goiás; entenda

Umidade relativa do ar deve cair nos próximos dias em Goiás

Redemoinho surpreende moradores em rua de Goiânia; vídeo

Morador de Goiânia registra redemoinho gigante no Jardim Califórnia