O projeto de revisão do Código Tributário Municipal (CTM) de Goiânia tem ao menos 20 pontos de alteração em relação ao documento enviado pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) à Câmara Municipal e aprovado pelos vereadores em setembro de 2021. A estimativa é que as mudanças representem uma renúncia fiscal de cerca de R$ 300 milhões, segundo a Secretaria Municipal de Fi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários