Representantes sindicais dos servidores públicos de Goiás entraram com um mandado de segurança para tentar reverter a venda do Hospital do Servidor Público, no Parque Acalanto, em Goiânia. A unidade de saúde pertencia ao Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) e foi comprada pelo estado por R$ 128 milhões na última quinta-feira (30). Ainda nesta semana, ele começará a funcionar como o Hospital da Criança e do...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários