O titular da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia (SME), Wellington de Bessa, informou que a pasta desconhecia qualquer histórico de violência na escola onde ocorreu confusão com o uso de spray de pimenta por parte da Guarda Civil Metropolitana (GCM). Ainda segundo ele, a pasta já investiga o real motivo da presença de agentes da Guarda na instituição, u...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários