Presidente do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Humberto Martins negou pedido de liminar para colocar em liberdade Ronaldo Bezerra da Silva, preso preventivamente em Goiás acusado de liderar uma organização criminosa que teria praticado furtos, roubos e receptações qualificadas de gado, além de lavagem de dinheiro. Ronaldo é um dos oito presos na Operação Setentrional Goiano desencadeada pela Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), em outubro de 2019. As in...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários