Um homem suspeito de ser líder de uma facção criminosa que atuava em Goiânia foi preso, nesta quinta-feira (6), no Complexo do Turano, no Rio de Janeiro. No momento da prisão, o investigado portava uma pistola calibre .40 e apresentou uma identidade falsa e com isso foi autuado em flagrante por porte de arma e uso de documento falso. As investigações para encont...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários