O Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO) abriu procedimento para apurar denúncia contra um pregão eletrônico realizado em julho pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia no valor de R$ 28,4 milhões para locação de veículos e gestão terceirizada da frota locada. Uma das empresas participantes afirma que o prazo exigido pela SMS para entrega dos veí...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários