O desembargador Luiz Cláudio Veiga Braga indeferiu o pedido da 25ª promotoria de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) que diz respeito à liberação de 1.513 presos da Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia. O habeas corpus coletivo foi solicitado no último dia 4 de outubro e, de acordo com o promotor Marcelo Celestino que realizou o...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários