O serviço de manutenção dos 178 mil pontos luminosos de Goiânia está suspenso desde a manhã desta terça-feira (16), deixando 4.822 locais sem iluminação, de acordo com a Citeluz Serviços de Iluminação Urbana, empresa terceirizada contratada desde 2016. A Citeluz anunciou a suspensão do contrato por falta de pagamento e alega que a Prefeitura possui uma dívida de cerca...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários