Uma pesquisa em colaboração entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade de Brasília (UnB) pretende facilitar a castração de cães e gatos machos, sem que haja necessidade de cirurgia. O procedimento é muito mais rápido e simples do que o cirúrgico e poderá, no futuro, ajudar os gestores públicos na redução da população de animais de rua, além de campanhas c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários