Uma das vítimas graves do acidente no Empório Saccaria, no Jardim Goiás, em Goiânia, recebeu alta do Instituto Neurológico de Goiânia. O juiz do Tocantins, Silas Bonifácio Pereira, ficou debaixo do carro que invadiu o restaurante, no último dia 19 de julho. Ele precisou ser retirado por testemunhas e sofreu um trauma craniofacial.

Como o paciente estava em um apartamento, o hospital afirmou que não pode passar mais informações sobre o estado de saúde dele.

A outra vítima do acidente, internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiás (Hugo), continua em estado grave, mas já consegue respirar sem o auxílio de aparelhos.

No dia do acidente, o Corpo de Bombeiros informou que outras oito vítimas também foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Elas foram levadas para o Hospital dos Acidentados e para a Clínica do Esporte, porém não tiveram os nomes divulgados.

Investigação

Até o momento, a Polícia Técnico-Científica afirma que não encontrou falhas mecânicas no veículo, como alegou a motorista Elisabete Nunes Magalhães, de 68 anos. Porém, a Delegacia de Crimes de Trânsito (DICT) afirma que as investigações ainda estão em andamento e que aguarda o laudo final da perícia.

Acidente

Um Ford Ecosport invadiu o restaurante por volta das 12h. Imagens das câmeras de segurança registraram o momento em que um veículo desgovernado invadiu o estabelecimento. Por meio das redes sociais, o Empório Saccaria informou que tem prestado apoio aos feridos e familiares.

“Declaramos que prestamos todo o apoio e suporte aos feridos e suas famílias. Não autorizamos e nem incentivamos o uso de quaisquer imagens das vítimas, bem como do interior do estabelecimento”.

Leia também:

- Defesa de motorista diz que colisão em saída de prédio provocou acidente em restaurante pouco depois

- Polícia investiga segundo motorista por acidente em restaurante no Jardim Goiás, em Goiânia