As recentes altas na taxa básica de juros da economia, a Selic, que já chegou aos 13,25% ao ano na tentativa de conter a inflação, também deixaram os recursos do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) mais caros para o tomador. As taxas subiram até 4,73 pontos porcentuais para o FCO Rural desde o início deste mês, por determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN),...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários