Falta de oportunidades, desemprego em alta e abandono escolar fazem do Brasil o vice-campeão entre os países com a maior proporção de jovens que nem estudam nem trabalham. Em 2020, eram 35,9% dos jovens brasileiros de 18 aos 24 anos nessa situação. Esse percentual só não é maior do que o da África do Sul. E está muito longe da média dos países, que é de 15,1%. Especi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários