O Instituto Federal de Goiás (IFG) está com inscrições abertas para 120 vagas em cursos técnicos nas áreas de eletrotécnica e agrimensura para o campus de Goiânia, Itumbiara e Jataí. Os interessados devem se inscrever até o dia 22 de junho, na página do Centro de Seleção do IFG.

Os cursos profissionalizantes são gratuitos e destinados a jovens e adultos que já concluíram o ensino médio. A duração é de dois anos e as aulas ocorrem no período noturno. No ato da inscrição, o candidato deverá optar se irá concorrer à vaga pelo sistema universal ou pela reserva de vagas, em que 50% são destinadas para quem concluiu os estudos integralmente em escolas públicas.

Seleção de candidatos

A seleção dos inscritos será feita por meio de prova objetiva ou por sorteio - caso o número de candidatos seja igual ou inferior a 1,5 candidatos por vaga. Os inscritos devem ficar atentos à divulgação do comunicado do Centro de Seleção sobre realização de sorteio de vagas, programado para o dia 27 de julho, e à divulgação dos locais de prova, que será feita no dia 28 de julho. Cada candidato poderá fazer a prova somente na cidade/campus para o qual se inscreveu.

Sobre a prova

A prova está prevista para ser realizada no dia 31 de julho.  As 30 questões serão de múltipla escolha, abrangendo duas áreas de conhecimento: língua portuguesa e matemática.

Leia também:

Economia lança edital para contratação de temporários com salários de até R$ 11.700

Governo de Goiás anuncia concurso para contratação de 500 professores na UEG​

Inscrições abertas para curso de capacitação de jovens em Goiás e em Tocantins

Sobre os cursos

Curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica

Este curso tem duração de 2 anos e visa formar profissionais para atenderem às demandas do setor elétrico, principalmente nos processos industriais de produção e circulação de energia. Esse profissional é primordial para desenvolver atividades relacionadas à área elétrica, como por exemplo: manutenção, geração, transmissão e distribuição de energia. O técnico faz instalações elétricas prediais e industriais e de sistemas de potência. Ele também pode dedicar-se à realização de vistoria, avaliação e emissão de laudo técnico para projetos que envolvam conhecimentos específicos relacionados à eletricidade.

Curso de Técnico Subsequente em Agrimensura

Executa levantamentos geodésicos e topográficos. Utiliza equipamentos e métodos específicos. Faz a locação de obras de sistemas de transporte, civis, industriais e rurais. Delimita glebas. Efetua aerotriangulação. Restitui fotografias aéreas para a elaboração de produtos cartográficos em diferentes sistemas de referências e projeções. Interpreta dados de sensoriamento remoto, fotos terrestres e fotos aéreas de modo integrado a dados de cartas, mapas e plantas. Utiliza ferramentas de geoprocessamento. Identifica elementos na superfície e pontos de apoio para georreferenciamento e amarração. Coleta dados geométricos. Executa cadastro técnico multifinalitário. Identifica métodos e equipamentos para a coleta de dados. Organiza e supervisiona ações de levantamento e mapeamento.