A partir de hoje, o arroz ou feijão que não foram industrializados ou beneficiados em Goiás não terão mais direito à redução da base de cálculo de ICMS para 7%. De acordo com o decreto nº 9.773/2020, o benefício fiscal será reduzido e o imposto para o produto vindo fora do Estado subirá para 12%, o que eleva a competitividade da indústria goiana. Goiás beneficia cerca ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários