As empresas que colocam seus colaboradores no centro da corporação e oferecem excelentes ambientes para trabalhar foram reconhecidas nesta quarta-feira (30) durante a realização da 11ª edição do ranking Melhores Empresas para Trabalhar - Centro-Oeste. A premiação homenageou 55 empresas que apresentaram as melhores práticas de recursos humanos, durante um evento virtual realizado pelo jornal O Popular e o Great Place to Work (GPTW), com apoio da Associação Brasileira de Recursos Humanos em Goiás (ABRH-GO), e transmitido pelo canal YouTube diretamente do auditório do Grupo Jaime Câmara.

O GPTW é uma consultoria global que apoia organizações para obtenção de melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação. A metodologia envolve ouvir os funcionários, entender as práticas existentes na organização e evoluir a partir dos planos de ação. O resultado é a conquista da certificação de estar entre as melhores empresas para trabalhar. Nesta edição anual, 179 corporações da Região Centro-Oeste se inscreveram e 51.318 funcionários responderam à pesquisa.

O diretor de Relacionamento e Consultoria do GPTW, Victor Garcia, explica que as empresas vencedoras focam no desenvolvimento de seus negócios, mas sempre colocando as pessoas no centro, considerando que elas são seu maior ativo, numa decisão estratégica. “Elas conseguem criar um ambiente de confiança no seu dia a dia, onde os colaboradores se ajudam, se comunicam bem e se desenvolvem”, explica. 

Segundo ele, são empresas que estão na vanguarda de um modelo de gestão mais humano. Muitas já estão no ranking há muito tempo e hoje servem de exemplo para outras. “Estas empresas conseguem sair mais rápido de crises como a pandemia, que se tornou um desafio, porque têm uma ambiente mais colaborativo, com pessoal mais engajado e alinhado com seus valores”, avalia Victor Garcia.

Valores

Este foi o segundo ano em que o evento GPTW foi realizado de forma virtual, por causa da pandemia do coronavírus. O diretor Corporativo de Recursos Humanos do Grupo Brasal, Carlos Frederico Cavalcante, diz que os 3.650 colaboradores da empresa são seu principal valor, seguidos pela confiança, resultado, excelência e marca. “É focar e acreditar nas pessoas. O engajamento gera confiança e, só depois, é possível cobrar resultados. Desenvolvemos colaboradores e processos com excelência, buscando uma melhoria contínua”, justifica o executivo da Brasal, grupo que teve três de suas empresas ocupando lugares de destaque no ranking do GPTW. A consequência, segundo Cavalcante, é o fortalecimento da marca no mercado.

Com 210 colaboradores, a Soma Contabilidade foi uma das empresas premiadas nesta edição do GPTW. A gestora de Recursos Humanos no Grupo Soma, Lucianna Fogaça, conta que esta é a segunda vez que a empresa participa do GPTW. Ela lembra que, a partir das pesquisas realizadas na primeira edição, foi possível aprimorar alguns pontos para que a empresa pudesse conquistar este lugar no ranking das melhores para trabalhar. “Começamos a mapear vários pontos e, a partir daí, implementamos várias inovações importantes”, destaca a gestora.

Lucianna informa que a Soma foi a primeira empresa de contabilidade a se tornar 100% digital, tanto em seus processos internos, quanto no relacionamento com seus clientes. A empresa também criou o Grupo Soma, que realiza ações sociais de ajuda à população mais carente, com o engajamento de seus colaboradores. Também foi implementado o Programa de Educação Continuada (PEC), que realiza treinamentos e capacitação de seus funcionários, que foi atrelado ao Plano de Cargos e Salários. “Fizemos mudanças em processos internos para trazer um foco mais motivacional”, informa Lucianna.

Capital humano

Felipe Azevedo, presidente da LG lugar de gente, disse que a empresa comemora o fato de, mais uma vez, figurar entre as Melhores Empresas para Trabalhar no Centro-Oeste. Segundo ele, essa conquista traduz a valorização do capital humano no mercado de trabalho, desenvolvendo soluções para gestão de pessoas ou valorizando seu time. “A gente dedica esse prêmio a cada um dos nossos colaboradores. São mais de 550 profissionais, de diversas áreas, dedicados a levar aos nossos clientes o mesmo ambiente de trabalho que temos aqui: estimulante, inovador e participativo”, disse o executivo.

A gerente de Recursos Humanos do Sicoob Uni, Tatiana Gomes de Sousa Mendonça, atribui o bom desempenho da instituição no ranking, primeiramente, a um envolvimento da liderança em projetos e ações. “Afinal de contas, são estes gestores que comandam suas equipes e levam as diretrizes da empresa até eles no dia a dia, fazendo as coisas acontecerem”, justifica. Ela comemora o fato da instituição conseguir se manter no ranking, depois de um ano difícil, com a introdução de novas formas de trabalho, como o home office.

“Estendemos todos os cuidados que existam no trabalho presencial para a casa do colaborador, para que ele continuasse se sentindo bem assistido e acolhido pela organização, como as comemorações de aniversário ou de conquista de metas”, ressalta Tatiana. Com 144 colaboradores, o Sicoob Uni possui plano de crescimento de pessoas e de carreira, onde os colaboradores são priorizados nas promoções, que também podem ser conquistadas por meritocracia.