Depois de iniciar uma fiscalização nos postos de combustíveis de Goiânia e Região Metropolitana, na segunda-feira (20), o Procon Goiás anunciou que também pretende começar a fiscalizar, pela primeira vez, os preços praticados pelas distribuidoras, que vendem o produto para as revendas do varejo. O órgão está recolhendo notas fiscais de compra e venda de combustíveis para ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários