O Atlético-GO está nadando em alto mar e sente a água subir, fazendo-o correr risco de se afogar. Ao mesmo tempo, se conseguir nadar bem, poderá chegar vivo e salvo à terra firme. Esta comparação simples explica o momento do Dragão nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. Para subir na pontuação e se aproximar do chamado “número mágico”, repetido pelo técnico Marcelo...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários