O Goiás vai representar uma reclamação formal junto à CBF sobre o trabalho de arbitragem na derrota para o Corinthians, por 1 a 0, no último domingo (19). A diretoria esmeraldina cobra mais lisura sobretudo no uso da tecnologia do árbitro de vídeo.

Após a derrota em São Paulo, o clube esmeraldino manifestou a insatisfação com a arbitragem na partida contra o Corinthians com várias publicações nas redes sociais. A reclamação será formalizada pela diretoria, que promete não ficar calada e cobrar uma atitude da CBF.

Leia também:
+ Após polêmicas, pedido por profissionalização é resgatado
+ Atlético-GO x Goiás: estratégias diferentes e equilíbrio

"Já solicitamos os áudios do VAR e vamos entrar com nossa reclamatória. Não vamos ficar calados, não aceitamos. As coisas precisam ser moralizadas. Você tem um instrumento chamado VAR, que foi implantado justamente para minimizar os erros, para poder ter uma correção dentro das partidas. Ele precisa ser usado com transparência e lisura. É isso que vamos cobrar", ressaltou Harlei Menezes, vice-presidente de futebol do Goiás.

Para o dirigente esmeraldino, houve erro na decisão da aplicação do pênalti que gerou o gol da vitória do Corinthians. Mas, a reclamação também é sobre um lance em que o atacante Pedro Raul foi puxado pelo zagueiro Robson Bambu. Harlei Menezes cobrou que o árbitro Braulio da Silva Machado (Fifa/SC) tivesse checado o lance no monitor do VAR. Segundo o dirigente, em coversa com o árbitro ao fim da partida, Braulio disse que não foi chamado por Wagner Reway, árbitro de vídeo naquele dia, para averiguar alguma irregularidade.

"As coisas precisam ser feitas de forma correta e não estão sendo feitas. No jogo do Goiás elas não foram corretas, tanto que causou indignação para nós, que representamos o Goiás Esporte Clube, e vergonha para todos que representam o futebol nacional", reclamou Harlei Menezes. 

Alvo das reclamações do Goiás, Braulio da Silva Machado foi escalado para apitar a partida entre Bahia e Athletico-PR nesta quarta-feira (22), pela Copa do Brasil. Wagner Reway, por sua vez, está escalado para o clássico entre São Paulo e Palmeiras, na quinta-feira (23), também pelas oitavas de final da competição nacional.