Jefferson fez o primeiro gol pelo Atlético-GO na vitória sobre o Fluminense, por 2 a 0, no sábado (11). O lateral esquerdo chegou ao clube ano passado sob desconfiança após passagem de altos e baixos pelo Goiás. "Aquele Jefferson é passado", definiu o jogador, que assumiu a titularidade no Dragão nos últimos jogos, coincidindo com a chegada do técnico Jorginho ao clube. Ele disputa a posição com Arthur Henrique, mas cresceu de produção depois de ter sido questionado também no Atlético-GO.  

Segundo ele, "vim com o propósito de fazer a minha história no Atlético-GO", disse o lateral atleticano que se prepara, no Rio, para uma partida mais difícil ainda, diante do Palmeiras, líder do Brasileirão, nesta quinta-feira (16), em São Paulo. Goiano de Jaraguá, Jefferson terá à frente outro goiano e um dos principais jogadores do futebol brasileiro: o atacante Dudu, do Palmeiras. Missão difícil, pois Dudu é bastante rápido.

"Sempre no jogo, contra um jogador experiente e rápido como o Dudu, tento mantê-lo mais (jogando) de costas, porque se vier com a bola para cima, fica difícil marcá-lo", afirmou Jefferson sobre a missão de parar Dudu no Allianz Parque, onde o Palmeiras busca ampliar a liderança na Série A.

As duas equipes vêm de vitória pelo mesmo placar (2 a 0) e fora de casa. A do Atlético-GO foi providencial, pois a equipe saltou do Z4 para uma posição mais confortável na tabela, com 13 pontos. É o primeiro triunfo atleticano como visitante. "Vínhamos jogando bem, mas por estar ali, na zona (Z4), ficava aquele incômodo", explicou Jefferson sobre o impacto do resultado positivo, que traz mais confiança ao Atlético-GO para a sequência do torneio. "Tira o peso das costas. Saímos desta zona (Z4. Agora, vamos jogar mais leves e buscar a vitória sobre ele (Palmeiras)", ressaltou o lateral atleticano.