O Atlético-GO anunciou, na tarde desta quinta-feira (5), a promoção para o clássico deste domingo (8), às 16 horas, no Estádio Antonio Accioly, contra o Goiás. A principal novidade é que, em homenagem ao Dia das Mães, a diretoria atleticana decidiu liberar a entrada das mulheres no jogo válido pelo Brasileirão. Apesar do acesso gratuito, as mulheres precisam retirar os ingressos nas bilheterias antes da partida.

O preço para o público masculino é 40 reais (inteira). Torcedor que for com camisa do Atlético-GO paga meia (20 reais).

Leia também:
+ Dragão passa susto no fim, mas vence Defensa y Justicia
+ Zagueiro do Atlético-GO pede maturidade para time não sofrer

A direção do Dragão considera o clássico uma decisão, pelo fato de enfrentar o maior rival do Estado e pela necessidade de vitória, pois os dois clubes estão entre os últimos colocados e precisam dos três pontos para melhorar a posição.

"O Goiás está descansando, treinando a semana toda. Nós precisamos chegar no domingo (8) e entender que é a Copa do Mundo do Atlético-GO. É o Brasileirão da Série A. Queremos passar na Sul-Americana, na Copa do Brasil. Mas temos de entender que o Brasileirão é o carro chefe do Atlético-GO", frisou o presidente do Atlético-GO, Adson Batista.

O dirigente espera a presença da torcida atleticana no clássico pois, além da promoção para as mulheres, o Dragão voltou a vencer após cinco partidas - ganhou apertado de 3 a 2 do Defensa y Justicia (Argentina), no Antonio Accioly, pela Copa Sul-Americana.

Na Série A, a equipe empatou três vezes por 1 a 1 - contra Flamengo e Botafogo (em casa) e Cuiabá-MT (fora) - e foi goleada pelo Red Bull Bragantino-SP (4 a 0). Por isso, soma três pontos, contra dois do time esmeraldino.