Com o desfalque de Ronaldo até o final da temporada, o goleiro Renan vive a expectativa de ter sequência na meta do Atlético-GO justamente no período mais decisivo para o clube rubro-negro no ano. O Dragão busca recuperação na Série A, já que está na zona de rebaixamento, mas também quer seguir com as históricas campanhas nas copas do Brasil e Sul-Americana, torneios em que o time abriu vantagens para avançar às semifinais.

Ronaldo se machucou no começo da partida contra o Nacional, do Uruguai, pela Sul-Americana. Após exames, foi constatada a necessidade de procedimento cirúrgico, e o jogador não joga mais nesta temporada - tem previsão de retorno no início de 2023.

Aos 21 minutos do 1º tempo contra o time uruguaio, Renan entrou no seu lugar e voltou a jogar depois de quase seis meses.

No desembarque em Goiânia após a vitória no Uruguai, Renan disse que lamentou voltar a atuar por causa de uma lesão de um companheiro e que torce por sua recuperação. O goleiro terá, agora, a esperada sequência que desejava desde sua chegada ao clube.

Leia também:
+ Goleiro Ronaldo passará por cirurgia e não atua mais no ano
+ Por R$ 5 milhões, Atlético-GO negocia 70% dos direitos de Oliveira com o Cruzeiro

“Estava há quase um ano sem jogar, quando cheguei em janeiro. Tive três oportunidades e não tive sequência. Para qualquer jogador é ruim, mas, para o goleiro, é ainda mais. Respeitei a decisão da comissão técnica, mas continuei trabalhando e esperando meu momento. Estou tranquilo para seguir ajudando e preparado, com o trabalho que fazemos no dia a dia, para ajudar o Atlético-GO a conquistar novas vitórias”, declarou Renan.

Antes do duelo contra o Nacional, Renan disputou três partidas no Campeonato Goiano, todas no mês de fevereiro. Enfrentou o Goiatuba em duas ocasiões (uma vitória de 2 a 0 e uma derrota de 2 a 1) e estava no revés de 3 a 2 no clássico para o Vila Nova na fase de grupos. Depois disso, voltou a ser reversa de Luan Polli e, com a efetivação de Ronaldo, em abril, revezava posição no banco de reservas.

Renan assume a condição de titular com o Atlético-GO na zona de rebaixamento do Brasileiro e em vantagem contra Corinthians e Nacional nas quartas de final das copas do Brasil e Sul-Americana, respectivamente. O jogador entende que o foco deve ser voltado para a recuperação na Série A, mas sem abrir mão de avançar nos torneios eliminatórios.

“Vamos fazer nosso melhor e focar no Brasileiro, pois estamos devendo. A verdade é que não temos time para ficar na zona de rebaixamento. O elenco é muito bom, os jogadores que chegaram vão ajudar muito no restante do campeonato. É jogo a jogo, focar em crescer, acreditar que as vitórias vão acontecer no Brasileiro e o Atlético-GO vai sair da zona de rebaixamento”, opinou o jogador rubro-negro.

Renan acredita que o trabalho feito por ele no dia a dia ajudará a não ter queda no ritmo de partida e desempenho na sequência de jogos que terá na meta do Atlético-GO.

O próximo compromisso será sábado (5), contra o RB Bragantino. Na terça-feira (9), o desafio será diante do Nacional, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O goleiro acredita que classificação nas copas e evolução na Série A podem ocorrer caso o time apresente foco desde o início dos jogos. “Esse jogo contra o Nacional serviu para fortalecer nosso grupo. Foi dito sobre colocar time alternativo nas copas, mas essa vitória mostrou que nosso elenco é bom e que estamos fortalecidos para nos recuperar no Brasileiro. Temos que manter o espírito aguerrido, o foco. Tenho certeza que vamos sair dessa situação”, completou Renan.