A delegação do Atlético-GO seguiu para Cuiabá-MT na tarde desta segunda-feira (9), para o jogo decisivo desta quarta-feira (11), pela Copa do Brasil, sem o lateral direito Dudu. Com uma contusão no pé esquerdo, o jogador não foi relacionado pelo técnico Umberto Louzer e teve de ficar em Goiânia continuando o tratamento.

Hayner deve ser mantido na posição. O volante Edson Fernando também tem sido utilizado na lateral e entrou durante o clássico contra o Goiás na posição. Outro que não foi relacionado é o atacante argentino Diego Churin, pois já atuou pelo Grêmio na 1ª fase da Copa do Brasil.

Dudu desfalca o Dragão pela segunda vez seguida. O jogador ficou fora do clássico de domingo (8), em que o Atlético-GO foi derrotado pelo Goiás por 1 a 0. O lateral chegou a se concentrar e seguiu com os outros relacionados para o Estádio Antonio Accioly, mas foi vetado no teste final, no vestiário. Nesta segunda-feira (8), também não foi para o campo para o treino dos jogadores considerados reservas e dos que atuaram em parte do clássico.

O técnico Umberto Louzer ainda não definiu o time para o jogo decisivo, pois tem alguns jogadores desgastados fisicamente. Nesta terça-feira (10), haverá um treino em Cuiabá, para onde a delegação viajou na tarde e noite de segunda-feira (9).

O meia Jorginho deve atuar na capital mato-grossense, mas desfalca o Dragão sábado (14), em Belo Horizonte, contra o Atlético-MG, pela 6ª rodada da Série A. Jorginho está suspenso no Brasileirão.