O Atlético-GO leva vantagem no retrospecto histórico diante do Goiás desde que os clássicos são disputados com torcida única, ou sem torcida no período mais crítico da pandemia da Covid-19. O Dragão, mandante no jogo desta quarta-feira (22), tem duas vitórias a mais que a equipe esmeraldina nesta condição específica.

O inédito confronto entre Atlético-GO e Goiás, pela Copa do Brasil, será disputado com torcida única. Os clássicos entre as duas equipes são realizados com apenas uma das torcidas desde junho de 2018, quando se enfrentaram pela Série B do Campeonato Brasileiro. Neste período, cinco clássicos foram disputados sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19. 

De junho de 2018 para cá, rubro-negros e esmeraldinos mediram forças 15 vezes com superioridade do Atlético-GO, que venceu oito jogos, enquanto o Goiás saiu vitorioso em seis jogos e ainda houve um empate. O Dragão balançou as redes 19 vezes e foi vazado em 14 oportunidades pelo Goiás.

Apesar do histórico de muito equilíbrio no retrospecto entre as equipes nos últimos anos, desde 2006, nos últimos 15 jogos a igualdade apareceu no placar apenas no empate sem gols, no Estádio Antônio Accioly, pelo Campeonato Goiano.

Confira alguns aspectos do histórico recente entre os dois clubes:

Clássicos com torcida única ou sem torcida

15 jogos
8 vitórias do Atlético-GO
6 vitórias do Goiás
1 empate
19 gols do Atlético-GO
14 gols do Goiás

Clássico pós-pandemia da Covid-19

8 jogos
4 vitórias do Atlético-GO
3 vitórias do Goiás
1 empate
8 gols do Atlético-GO
5 gols do Goiás

Clássico desde o retorno do Dragão para elite goiana

58 jogos
21 vitórias do Goiás
19 vitórias do Atlético-GO
18 empates
67 gols do Goiás
68 gols do Atlético-GO