Um pequeno surto de coronavírus no Bayern de Munique (ALE) pode ter exposto uma crise que até então era tratada internamente pelo clube: o fato de alguns de seus jogadores não estarem vacinados. No último domingo (21), quatro atletas da equipe foram colocados em quarentena após terem contato com um indivíduo infectado pelo coronavírus. São eles Serge Gnabry, Jamal ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários