O Vila Nova faz confronto direto dentro da zona de rebaixamento (Z4) da Série B com mais uma oportunidade para encerrar com o momento ruim na competição e deixar a incômoda posição entre os quatro últimos colocados. Neste sábado (11), a partir das 16h30, o time colorado desafia o CRB, no Estádio Rei Pelé, pela 12ª rodada.

Confira as prováveis escalações, escala de arbitragem e onde assistir no final deste texto

A crise do Vila Nova em fundamentos importantes do jogo tem tido impacto direto na ausência de resultados e a posição da equipe na Série B. Contra o CRB, o Tigre tenta encerrar com o segundo pior jejum sem vitória na temporada: seis jogos - o anterior foi de nove, o principal agravante para a demissão do técnico Higo Magalhães.
 

Uma vitória no Rei Pelé relembraria o sabor de vencer para o clube, que não conquista um triunfo desde a 6ª rodada, há mais de um mês, quando bateu o Náutico, por 2 a 0, e amenizaria a pressão no plantel e até mesmo na comissão técnica liderada por Dado Cavalcanti que ainda não venceu após quatro partidas.

Em entrevistas, o treinador disse ter identificado o principal problema a ser solucionado para que o Vila Nova volte a marcar gols com bola rolando e consequentemente fique mais próximo de vencer: caprichar no momento da finalização, o mesmo definido pelo ex-treinador da equipe, Higo Magalhães.

Com o técnico Dado Cavalcanti no comando, o Tigre chutou 57 vezes (14 no gol), mas ainda não balançou as redes com bola rolando. O único gol nos quatro jogos ocorreu após cobrança de pênalti, convertida por Arthur Rezende, no empate por 1 a 1 com o Guarani.

Segundo o treinador, o modo que tem trabalhado para ajustar o fundamento de finalização é na base da conversa com informações sobre como estão sendo os arremates nas partidas. Isso ocorre pelo pouco tempo de treinamento devido a sequência de jogos e viagens.

“Os números retratam demais o que é a nossa equipe. Eu tenho feito menos treinamentos, pela sequência de jogos que tivemos. É muito mais o feedback com informações específicas de como foram as finalizações. Quais foram precipitadas e como podemos finalizar nos jogo. Infelizmente, não estamos tendo tempo de treinos, então eu tenho apostado nas informações cognitivas. Por isso não acho que falta ousadia, entrega e ofensividade, falta o detalhe de ajustar os parafusos na frente”, explicou Dado Cavalcanti.

Como mostrou o POPULAR, o Vila Nova tem tido dificuldade extra quando enfrenta equipes que estão na zona de rebaixamento, desde que retornou à Série B. Foram 14 jogos, com apenas três vitórias. O resultado que mais ocorreu foi empate, em oito ocasiões. Pontuar como visitante sempre é considerado algo positivo entre os times, mas no caso do Tigre a ausência de vitória impede uma celebração maior caso apenas um ponto seja conquistado em Maceió.

A equipe colorada também enfrenta um jejum contra o CRB. O time goiano não vence o Galo desde 2018, com cinco jogos em sequência sem uma vitória contra o clube alagoano.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro - Série B - 12ª rodada
Jogo: CRB x Vila Nova
Local: Estádio Rei Pelé (Maceió/AL)
Data: 11/6/2022
Horário: 16h30
Transmissão: Premiere

Árbitro: Leonardo Willers Lorenzatto/MT
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho/MT e Fernanda Kruger/MT
VAR: José Cláudio Rocha Filho/SP (VAR-FIFA)

CRB: Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Gilvan e Guilherme Romão; Yago, Uillian Correia e Rafael Longuine (Iago Mendonça); Richard, Anselmo Ramon e Emerson Negueba. Técnico: Daniel Paulista.

VILA NOVA: Tony; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Ralf, Arthur Rezende e Wagner; Matheuzinho, Daniel Amorim e Pablo Dyego. Técnico: Dado Cavalcanti.