Após passar mais de oito horas no aeroporto Tullamarine, em Melbourne, na Austrália, onde desembarcou nesta quarta-feira (5) por volta das 23h30 no horário local (9h30 de Brasília), Novak Djokovic teve negada a sua entrada no país e foi avisado que será deportado. O tenista entrou com um pedido de liminar para impedir sua deportação, disse uma fonte à agência de not...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários