A participação de Novak Djokovic no Aberto da Austrália segue gerando muita polêmica. Agora, os advogados do atleta alegam que a isenção médica que foi dada ao tenista foi por ele ter testado positivo para a Covid-19 em dezembro. Djokovic teve sua entrada na Austrália negada após ter inicialmente recebido uma isenção médica para poder disputar o torneio mesmo sem pr...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários