O volante Moacir acertou, neste domingo (31), a saída do Vila Nova após um ano e a segunda passagem pelo clube. O jogador deverá reforçar uma agremiação da Série C do Brasileiro.
 
Moacir tinha contrato até o final do ano e havia retornado ao Tigre ano passado, no dia 26 de julho, depois de ter deixado o Criciúma. Neste período, atuou 50 vezes - 25 jogos (2021) e 25 (2022). O jogador era opção na lateral direita e no meio de campo.
 
Além dele, no sábado (30) outro jogador foi emprestado pela direção vilanovense - o também volante Pablo Roberto, um dos destaques na conquista do título da Série C 2020 após ter jogado na base do Atlético-GO.
 
 
Pablo Roberto foi anunciado pelo Remo-PA, equipe que está na disputa da Série C nacional. Campeão da Terceirona, foi emprestado ao Bahia, mas não conseguiu se firmar. O volante também havia voltado ao Vila Nova no início de 2022, fez 31 partidas e marcou dois gols - sobre a Aparecidense e no clássico diante do Atlético-GO, ambos no Goianão. O jogador não repetiu as boas atuações da primeira passagem pelo time alvirrubro e assim foi emprestado novamente.
 
Os dois jogadores haviam perdido espaço na disputa por vaga no time titular do Vila Nova. Antes deles, o zagueiro Renato tinha acertado a rescisão com o clube para se transferir para o Sepahan (Irã) - o clube receberá uma compensação financeira. A diferença é que Renato era titular, ao lado de Rafael Donato.