O Coritiba venceu o Fluminense de virada por 3 a 2 em partida disputada na tarde deste domingo (1º), com direito a falha bizarra de goleiro e pedaço de dente perdido no gramado. Os gols da partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no Estádio Couto Pereira, no Paraná, foram marcados por Ganso, Andrey e Léo Gamalho.

Ganso foi o nome do jogo e sacrificou até um pedaço do dente para garantir uma possível vitória tricolor. No primeiro gol do jogo, o meia arriscou de fora e contou com falha do goleiro Muralha para abrir o placar. Aos 35, o camisa 10 marcou de cabeça e perdeu um pedaço do dente após disputar bola aérea.

O primeiro gol marcado por Ganso contou com a ajuda de um vacilo do goleiro Muralha. No lance, aos 19 da primeira etapa, Nonato tocou para o meia, que ajeitou e arriscou de fora da área sem tanta força. Muralha até tentou encaixar a defesa, mas acabou falhando feio e a bola entrou lentamente.

André levou o segundo amarelo por chute em Léo Gamalho e acabou expulso após revisão no VAR e complicou o jogo que até então estava favorável ao clube tricolor. Como consequência, o Coritiba encontrou espaços no meio-campo e voltou a pressionar, conseguindo igualar o marcador em poucos minutos.

Léo Gamalho precisou de apenas sete minutos para marcar o dele. Acionado para entrar no segundo tempo, sobrou para ele cobrar o pênalti como manda o manual: bola de um lado, goleiro do outro e marcar para dar outro destino a partida e marcar o gol da virada.

Os donos da casa começaram bem, mas perderam o foco após o primeiro gol do tricolor. A equipe até tentou voltar a pressionar ainda na primeira etapa, mas sem sucesso. O time, embora tivesse mais posse de bola, só conseguiu se reencontrar no jogo após diminuir o placar com gol de pênalti. Aos 15 minutos, Andrey balançou as redes e igualou a pontuação. Depois disso, o Coritiba pressionou e encontrou o caminho para o gol e virou o placar no apagar das luzes, com gol de Léo Gamalho aos 49 minutos.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA: Alex Muralha, Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán, Guilherme Biro (Egídio), Andrey (Adrián Martínez), Willian Farias, Régis (Robinho), Clayton (Léo Gamalho), Alef Manga e Igor Paixão. T.: Gustavo Morínigo

FLUMINENSEFábio, Samuel Xavier (Calegari), Nino, Luccas Claro, Marlon, André, Nonato (Martinelli), Yago Felipe, Ganso (Willian), Luiz Henrique (Caio Paulista) e Cano (David Duarte). T.: Marcão.

Estádio: Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Neuza Ines Back (Fifa/SP)

Cartões Amarelos: Ganso, André e David Duarte(FLU);

Cartões Vermelhos: André (FLU)

Gols: Ganso (FLU), aos 19 e aos 35/'ºT; Léo Gamalho (COR), aos 7', Andrey (COR), aos 15', e Léo Gamalho (COR), aos 49'/2ºT.