George Russell é o pole position do Grande Prêmio de Hungria. O britânico surpreendeu a todos nos segundos finais da classificação ao superar Carlos Sainz, da Ferrari, e terminar sua volta em 1min17s377, neste sábado (30). Charles Leclerc ficou com o terceiro posto e Lando Norris em quarto.

"Eu estou na lua. Estou me sentindo muito feliz. Nós trabalhamos muito. Na última volta eu fui bem nas duas primeiras curvas, o tempo foi melhorando e, quando eu vi meu nome na primeira colocação fiquei impressionado. Foi um dia muito especial", disse Russell.

Os pilotos voltam neste domingo (31) ao Circuito de Hungaroring, às 10h, (de Brasília), para a corrida. O GP da Hungria é a 13ª etapa da F1 em 2022. É a última corrida antes da tradicional pausa de verão. A segunda parte da temporada retorna em 28 de agosto, com o GP da Bélgica.

Com 233 pontos, Verstappen lidera a temporada de 2022 da categoria. O holandês é seguido na tabela por Leclerc, que estacionou nos 170 pontos e viu o holandês da Red Bull abrir 63 pontos de diferença. Sergio Pérez, da Red Bull, é o terceiro, com 163.

Q1

No início da primeira etapa da classificação, Max Verstappen fez a melhor volta com 1min18s792. Charles Leclerc, da Ferrari, não entrou muito bem e fez o 13º tempo.

Heptacampeão mundial, Lewis Hamilton chegou a alcançar a segunda colocação. Em seguida, faltando seis minutos para o fim do Q1, Sainz roubou a posição do britânico e Leclerc passou a sentir melhor a pista, subindo para terceiro.

No encerramento, Lewis Hamilton e George Russell da Mercedes, Carlos Sainz (Ferrari) e Max Verstappen (Red Bull) ficaram nas primeiras posições. Os eliminados foram Yuki Tsunoda, Alexander Albon, Sebastian Vettel, Pierre Gasly e Nicholas Latifi.

Q2

Max Verstappen foi o destaque do Q2. O holandês da Red Bull completou a volta do Hungaroring em 1min17s703 e alcançou o primeiro lugar. Lando Norris, da McLaren, veio logo atrás.

A quatro minutos do fim, Verstappen permanecia na primeira posição, Leclerc era o segundo e Alonso, o terceiro. Quem se deu mal foi Sergio Perez, que não fez um bom tempo e acabou eliminado.

Os eliminados do Q2 foram Sergio Perez (Red Bull), Guanyu Zhou (Alfa Romeo), Kevin Magnussen (Haas), Lance Stroll (Aston Martin) e Mick Schumacher (Haas).

Q3

Carlos Sainz voou na pista no início do Q3 e fez o melhor tempo do fim de semana: 1min17s505. George Russell e Charles Leclerc vieram logo atrás, com quase meio segundo de diferença. Verstappen não foi tão bem nesta primeira parte e ficou em sétimo.

A cinco minutos do fim, os pilotos foram aos boxes para colocarem pneus novos.

No último minuto, Carlos Sainz melhorou seu tempo: 1m17s421. Leclerc foi bem, mas não conseguiu superar o parceiro da Ferrari. E então parecia que nada tiraria a primeira posição do espanhol, até que George Russell (Mercedes) apareceu para bater o adversário e fazer sua primeira pole da carreira ao completar a volta em 1m17s377.

*

CLASSIFICAÇÃO PARA O GP DA HUNGRIA

1. George Russell (Mercedes) - 1m17s377

2. Carlos Sainz (Ferrari) - 1m17s421

3. Charles Leclerc (Ferrari) - 1m17s567

4. Lando Norris (McLaren) - 1m17s769

5. Esteban Ocon (Alpine) - 1m18s018

6. Fernando Alonso (Alpine) - 1m18s078

7. Lewis Hamilton (Mercedes) - 1m18s142

8. Valtteri Bottas (Alfa Romeo) - 1m18s157

9. Daniel Ricciardo (McLaren - 1m18s379

10. Max Verstappen (Red Bull Racing) - 1m18s823

11. Sergio Perez (Red Bull) - 1m18s516

12. Guanyu Zhou (Alfa Romeo) - 1m18s573

13. Kevin Magnussen (Haas) - 1m18s825

14. Lance Stroll (Aston Martin) - 1m19s137

15. Mick Schumacher (Haas) - 1m19s202

16. Yuki Tsunoda (AlphaTauri) - 1m19s240

17. Alexander Albon (Williams) - 1m19s256

18. Sebastian Vettel (Aston Martin) - 1m19s273

19. Pierre Gasly (AlphaTauri) - 1m19s527

20. Nicholas Latifi (Williams) - 1m19s570