O Internacional deu de ombros para a volta de Cuca ao comando do Atlético-MG. Neste domingo (31), o time gaúcho fez um primeiro tempo de luxo, aplicou 3 a 0 no estádio Beira-Rio e frustrou o retorno do treinador, sete meses depois da despedida mais recente. O duelo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro ainda teve grandes defesas de Daniel para garantir o placar.

Mauricio duas vezes e Wanderson fizeram os gols do jogo. Tudo antes do intervalo. O resultado faz o Inter chegar a 33 pontos, superando o próprio Atlético-MG na tabela. Agora, o time gaúcho é sexto colocado e o Galo cai para sétimo.

Os dois times voltam a campo no meio de semana. O Atlético-MG recebe o Palmeiras, no primeiro jogo das quartas de final da Libertadores, na quarta-feira (3). O Inter visita o Melgar, do Peru, abrindo o duelo das quartas da Copa Sul-Americana, na quinta-feira (4).

Leia também:
Série A: Atlético-GO sofre apagão e é goleado pelo Flamengo
Série B: Vila Nova leva empate no fim e segue na lanterna

No Campeonato Brasileiro, o Inter encara o Fortaleza, fora de casa, e o Galo recebe o Athletico-PR em jogos da 21ª rodada.

QUEM DECIDIU: MAURICIO

O camisa 27 abriu o placar em bonito chute de fora da área e, ainda no primeiro tempo, marcou mais um. Vaiado antes de a bola rolar, Mauricio chorou na comemoração de um dos gols.

QUEM BRILHOU: DANIEL

Goleiro fez três grandes defesas. No primeiro tempo, salvou chute de Ademir. Na etapa final, em jogadas a queima-roupa.

QUEM DECEPCIONOU: ALAN E HULK

Camisa 29 teve dificuldade em fechar a defesa e no segundo tempo chegou a protagonizar recuo errado, cedendo escanteio em lance incomum. Na frente, o capitão do Galo foi discreto. A melhor jogada foi em cobrança de falta de longe.

225 VEZES CUCA

O jogo que marcou a volta do treinador também aumentou a lista de partidas de Cuca à frente do Galo. Agora, são 225 jogos sob as ordens do histórico técnico.

PRIMEIRA VEZ NO ANO

Domingo, às 16h no estádio Beira-Rio não tinha acontecido antes em 2022. Foi a primeira partida do Inter como mandante no horário considerado mais tradicional. O fato tem sido uma reivindicação do clube gaúcho, que ficou 14 partidas jogando em casa em outras faixas do dia, somando a reta final do Brasileirão do ano passado e o início da atual edição.

MARATONA NO APITO

Flavio Rodrigues de Souza foi o árbitro do jogo em Porto Alegre e trabalhou pela segunda vez em menos de 48h. Sim. Na sexta-feira, ele atuou em Bahia 3 x 0 Náutico, pela Série B. Ou seja, encarou maratona de Salvador rumo ao Rio Grande do Sul a tempo da partida entre Internacional e Atlético-MG.

3 A 0 EM 30 MINUTOS

O Inter não pressionou, mas ficou atento especialmente ao centro do campo. A fórmula colorada foi direta. Interceptação e ataque nos espaços cedidos pelo Atlético-MG. Houve espaço, no primeiro tempo, para aparecer até repertório. Tanto que o primeiro gol nasceu de um pivô de Alemão e o segundo foi construído com a posse.

GALO DEMORA PARA CRIAR

Levar três gols em 30 minutos diz muito do que foi o primeiro tempo do time de Cuca. Assim como o primeiro lance de perigo do Galo, aos 34 com Ademir. Na reta final da primeira etapa, o time mostrou mais criatividade. Foram oito finalizações antes do intervalo, mas só duas no alvo. O grande problema foi ao marcar o Inter.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos, Vitão, Mercado (Kaique Rocha) e Renê; Gabriel, Edenilson (Estêvão), Carlos de Pena, Mauricio (Johnny); Wanderson (Pedro Henrique) e Alemão (Braian Romero) Técnico: Sidnei Lobo (auxiliar)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Arana (Dodô); Jair (Rubens Dias), Allan, Ademir (Pedrinho), Nacho Fernández (Vargas) e Keno (Eduardo Sasha); Hulk Técnico: Cuca

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Público: 39.451 pessoas (36.082 pagantes)

Renda: R$ 2.054.144

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP) Cartões amarelos: Gabriel Mercado (INT); Ademir (CAM)

Gols: Mauricio, aos seis minutos do primeiro tempo e aos 30 minutos do primeiro tempo; Wanderson, aos 26 minutos do primeiro tempo (INT)