O garoto Bruninho, hostilizado por torcedores do Santos após pedir a camiseta do goleiro Jaílson, do Palmeiras, disse que sentiu "muito medo de morrer" ao relembrar os momentos de tensão que viveu naquele dia, na Vila Belmiro. Em entrevista durante uma participação no Esporte Espetacular, na manhã deste domingo (14), a criança de 9 anos ainda relatou que muitos torced...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários