Mais informações, menos amarras

A presença da goiana Tifanny Abreu na Superliga feminina de vôlei abriu de forma tímida a discussão no País sobre transgêneros e transexuais no esporte, um debate necessário e que precisa ser feito sem as amarras de preconceitos e egocentrismos. A ponteira é a maior…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários