O presidente do Atlético-GO, Adson Batista, confirmou na tarde desta quarta-feira (3), no desembarque da delegação atleticana em Goiânia após vitória de 1 a 0 sobre o Nacional, em Montevidéu (Uruguai), que o zagueiro Oliveira foi negociado em definitivo com o Cruzeiro. O clube mineiro exerceu a cláusula de preferência que tinha para a aquisição do jogador e comprou 70% dos direitos econômicos.

Adson Batista disse que o Dragão receberá cerca de R$ 5 milhões pelo porcentual negociado e ainda ficará com 30% sobre os direitos econômicos do polivalente jogador, que passou a ser chamado na Raposa de Lucas Oliveira, que deve firmar vínculo de mais três anos com o Cruzeiro.

O pagamento foi confirmado nesta quarta-feira (3) pela diretoria atleticana. O clube teria recebido uma proposta de investidores ligados ao futebol norte-americano para adquirir 50% sobre os direitos econômicos do zagueiro, que também atuou como lateral direito e volante nos quatro anos em que atuou no Atlético-GO (2018 a 2021) e nos quais conquistou o acesso à Série A (2019) como titular e festejou os títulos do Goianão 2019 e 2020, além de ter disputado as Copas do Brasil e Sul-Americana.

Leia também:
Atlético-GO está no mercado para contratar goleiro
Após sete mudanças, técnico do Atlético-GO aprova atuação no Uruguai

Oliveira chegou de graça ao clube, após disputar o Campeonato Carioca pelo Bangu-RJ. Fazia parte do elenco sub-23 que disputou o Brasileiro de Aspirantes (2018). Assim que  foi chamado para o elenco principal, entrou e ganhou espaço com o então técnico, Claudio Tencatti, na Série B daquele ano.

A repetição de uma situação fez parte da passagem de Oliveira pelo Dragão - assim que entrava no time, jogava bem e se preparava para ser titular, era preterido pelos treinadores. Viu outros zagueiros se tornarem titulares e saírem valorizados, como Gilvan, João Vitor, Eder e Nathan Silva.

Ano passado, foi o jogador com mais atuações no elenco que fez boas campanhas nas competições disputadas. Nesta temporada (2023), pediu ao clube para ser liberado caso aparecesse alguma proposta interessante, como foi a do Cruzeiro.