Em suas primeiras aparições, quatro reforços do Vila Nova tiveram atuações aprovadas e, na avaliação do clube colorado, trouxeram ânimo diferente para o grupo vilanovense que busca a permanência na Série B no 2º turno.

Os atacantes Neto Pessoa e Matheus Souza estrearam como titulares. O experiente volante Souza, que tem a curiosidade de se chamar Van Basty em homenagem ao craque holandês Marco van Basten, e o atacante Kaio Nunes entraram no decorrer da vitória sobre o Vasco.

Nenhum deles participou diretamente do gol marcado na vitória de 1 a 0 contra o Vasco, no sábado (23), no Serra Dourada, mas, segundo o técnico Allan Aal, foram bem acolhidos e agradaram ao treinador.

Leia também:
+ Capitão espera novo momento para o Vila Nova no 2º turno
+ Vasco demite técnico após derrota para o Vila Nova

“A avaliação é positiva, as estreias foram positivas porque o grupo acolheu bem todos que chegaram. Até poderia existir aquele clima de ‘os caras estão chegando agora’, mas não. O grupo acolheu bem e todos os estreantes deram respostas positivas. Sei que vão nos ajudar na busca do objetivo”, avaliou o técnico Allan Aal.

O Vila Nova ainda tem mais três reforços para estrear na sequência da Série B: o meia Renan Bressan, o zagueiro Matheus Mancini e o atacante Jonata Bastos. Todos estão regularizados e liberados para serem utilizados pelo técnico Allan Aal.

Ter novos jogadores no elenco é um dos fatores que aumentam a expectativa de recuperação do Vila Nova na Série B. Por isso, o técnico Allan Aal valorizou ainda mais a vitória sobre o Vasco por entender que a soma de bom desempenho com o triunfo facilita a retomada de confiança na busca pela permanência.

“Serão 18 partidas pela frente e só depende de nós. Tem a confiança no trabalho, a vitória resgata a confiança dos atletas. É o caminho que temos de seguir. Tenho convicção que estamos no caminho certo. Vamos evoluir lá na frente”, salientou Allan Aal, que entende que parte desse caminho é manter o equilíbrio entre os setores ofensivo e defensivo da equipe.

O Vila Nova tem seis dias livres, a partir deste domingo (24), para a preparação para o duelo contra o Novorizontino. Será o reencontro do técnico Allan Aal com seu ex-clube. Antes do acerto com o time colorado, o treinador comandou a equipe do interior paulista em 23 jogos na temporada.

O Tigre aguarda a conclusão da 20ª rodada, nesta segunda-feira (25), para saber a posição em que finaliza a jornada no início do returno. A equipe goiana pode terminar a rodada a três pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento (o Operário-PR neste momento), mas ainda com diferença de pelo menos três vitórias, que é o primeiro critério de desempate.