Após o empate sem gols com o Atlético-GO no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o técnico do Goiás, Jair Ventura, fez promessa ousada para a partida de volta. "(O Goiás) vai propor (o jogo), vai ganhar e a gente vai classificar", disse.

A resposta foi para uma pergunta sobre a postura do Goiás na Serrinha, no dia 13 de julho, data da volta das oitavas da Copa do Brasil. O alviverde tem adotado postura reativa nas partidas do Brasileiro e da Copa do Brasil e tem feito frente aos adversários.

Leia também:
+ Atlético-GO e Goiás empatam jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil
+ Atleticanos se queixam de falta do gol no Accioly; Goiás lamenta desfalques

Jair Ventura aposta em sistema com três zagueiros, do qual abriu mão apenas contra o Corinthians porque não tinha jogadores suficientes para armar com trio defensivo.

"(Os desfalques me) fazem perder o sono, aumentar os cabelos brancos. Para a vida do treinador, é péssimo. Quando consegue os resultados, as pessoas vão relevando. Ninguém analisa as circunstâncias. A gente não pode esconder a realidade, são fatos. Não tenho sete, oito jogadores desde o dia que cheguei. Fica mais fraco porque tem menos opções. Não pensem que vou pedir o boné por causa disso", falou Jair Ventura.

O treinador falou sobre o que pensa ser benéfico para o Goiás na partida da volta. "Acho que a única vantagem é que jogaremos diante da nossa torcida. Não tivemos vantagem no placar, mas estaremos com a torcida esmeraldina do lado e que ela possa nos ajudar a ficar com essa vaga", disse.

No jogo no Accioly, Jair Ventura viu o Goiás com boas chances para abrir o placar. "O Atlético-GO teve mais posse de bola, mas nós tivemos as melhores chances. O início do jogo foi truncado, mas depois foi abrindo e ficou bom. Melhoramos no segundo tempo e poderíamos ter saído com a vitória."

Jair Ventura voltou a comentar sobre lesões, inclusive sobre a mais recente, no início do jogo desta quarta-feira (22), do zagueiro Da Silva. "Estamos com mais uma suspeita de lesão, agora com o Da Silva. Sidimar vocês souberam o que aconteceu. Podemos ter problema com o sistema defensivo. Vamos ficar atentos com a janela. Lesões podem acontecer com todo mundo, mas conosco elas estão sendo graves, com longo tempo de recuperação."