A Comissão de Ética da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) tem agora três denúncias de assédio sexual contra o presidente afastado, Rogério Caboclo. Segundo o site GE.com, a terceira foi recebida nesta semana e é de uma funcionária que já havia prestado depoimento ao Ministério Público. Ele nega as acusações. Ela, que deixou a CBF em 2019, afirma que foi as...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários