O Vila Nova segue atento ao mercado, em especial após saídas de três jogadores, dois deles utilizados com frequência no time titular. O zagueiro Renato, o lateral direito Moacir e o volante Pablo Roberto deixaram o Tigre nos últimos dias. Com isso, o departamento de futebol mantém a busca por reforços.

Reposições na zaga e na lateral direita são prioridades para a diretoria do Vila Nova. Titular, Renato deixou o time colorado para assinar com o Sepahan, do Irã. Já o lateral Moacir assinou rescisão em comum acordo, de acordo com o Vila.

Moacir encerrou a segunda passagem pelo Vila Nova com a disputa de 50 jogos - na primeira, em 2018, foram 33 partidas. Não era titular absoluto, mas costumava ser utilizado em casos de lesões e suspensões, como no atual cenário, em que Alex Silva foi expulso no empate com o Novorizontino e será ausência diante o Ituano - a tendência é que Diogo seja escalado na sexta-feira (5), por ser o único jogador da posição na equipe principal.

Leia também:
+ Dois volantes deixam o Vila Nova no fim de semana
+ Allan Aal lamenta pontos perdidos

Na zaga, Allan Aal possui mais opções, casos de Doma e Matheus Mancini. A nova dupla de zaga é formada por Rafael Donato e Alisson Cassiano, mas outro defensor deve ser contratado para manter o nível de competitividade alta, como o treinador entende que tem ocorrido com a chegada de reforços.

Neste segundo período ativo para contratações dos clubes das séries A e B, o Vila Nova acertou com sete atletas e deve aumentar a lista nos próximos dias. A única posição que não é tratada como uma prioridade na busca por reforços é a de volante, mesmo com a saída de Pablo Roberto.

O jogador foi emprestado ao Remo para a sequência da Série C. A transferência do atleta de 23 anos estava nos planos da direção colorada, que, durante o atual período de contratações, acertou com o experiente Sousa. O jovem Romário, formado na base vilanovense, também tem recebido oportunidades.

Com o empate sofrido no fim do jogo contra o Novorizontino, no sábado (30), o Vila Nova perdeu a chance de deixar a lanterna. Seus concorrentes diretos na zona de rebaixamento também não venceram e a equipe goiana terá nova oportunidade de sair da última colocação contra o Ituano, pela 22ª rodada da Série B. (Alexandre Ferrari)