Os recursos naturais são essenciais e absolutamente vitais para a existência humana. Contudo, apesar da abundância na natureza, vivemos em um cenário marcado pela degradação do meio ambiente associada ao desenvolvimento das cidades.

Nesse contexto, como parte do compromisso do Centro Universitário Araguaia para com a conservação da natureza, o uso consciente dos recursos e a garantia de uma vivência sustentável nos mais diversos ambientes, surge o projeto “Sustentabilidade Ambiental – no Urbano e no Rural” idealizado pelos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Agronômica e Engenharia Civil da UniAraguaia. O projeto busca promover ciência e realizar ações sociais que promovam a integração da comunidade acadêmica e da sociedade civil no processo de reconhecimento do meio em que vivemos e o desenvolvimento sustentável de nossa cidade, tanto nas zonas urbanas, quanto nas rurais.

Os objetos de estudo do projeto serão, inicialmente, as áreas públicas que constituem a região metropolitana de Goiânia, em especial a microbacia do córrego Vaca Brava, uma área extremamente urbanizada e que por este motivo possui problemas ambientais recorrentes como alagamentos, enchentes, redução do conforto ambiental e degradação de áreas.

Assim, o projeto será voltado para a transformação social, por meio da produção e divulgação do conhecimento, do desenvolvimento da cidadania e da consciência socioambiental. Estabelecendo parcerias com instituições públicas e privadas, serão realizadas palestras, podcasts, lives nas redes sociais, divulgação de informativos sobre questões ambientais, além de publicações de artigos sobre o tema no jornal O Popular.

Pensado de modo a garantir o envolvimento e participação de todo o corpo discente desses quatro cursos de graduação, o projeto “Sustentabilidade Ambiental – no Urbano e no Rural” pretende criar atividades, campanhas, estudos, pesquisas e ações de conscientização com a população local. As produções acadêmico-científicas resultantes dessas iniciativas, serão amplamente divulgadas no decorrer do projeto.

Dentre as diversas atividades a serem realizadas, destaca-se ainda o plantio de espécies nativas do cerrado de modo a estimular a arborização de regiões da cidade de Goiânia que não possuem árvores. A ação será desenvolvida em parceria com a prefeitura de Goiânia e a COMURG seguindo as diretrizes do Plano Diretor de Arborização da Capital. Essa proposta busca alcançar o caminho para a melhoria ambiental urbana e rural de Goiânia, mantendo uma relação de parceria, pertencimento e cooperação entre a instituição de ensino e a comunidade goianiense.

Além do papel social transformador do projeto, a pesquisa científica, abordada em todas as fases, tem um papel fundamental para o crescimento ético-profissional. Com essa concepção diferenciada, o Centro Universitário Araguaia pretende ampliar os conceitos de interdisciplinaridade, inseridos na realidade dos nossos alunos, e obtendo como resultado transformações relevantes no contexto da conscientização ambiental, formando profissionais capacitados cuja atuação principal seja como agentes de multiplicação.

Iniciativas como essa, certificam a preocupação da UniAraguaia em promover ações que tragam melhorias para a nossa cidade e que provoquem mudanças positivamente significativas na mentalidade e na vida das pessoas. Isso é mais um, entre os diversos motivos que fazem do Centro Universitário Araguaia uma instituição reconhecida como excelente e avaliada com conceito máximo pelo MEC.

Sobre os cursos:
Arquitetura e Urbanismo: Autorizado pela portaria MEC n. 12 de 27/01/2016, reconhecido pela portaria n 1140 de 15/10/2021 e avaliado com conceito 4.

Coordenação: Profa. Ma. Mariana Roldi;

Duração: 10 semestres;

Períodos: matutino ou noturno.

 

Engenharia Agronômica: Autorizado pela portaria MEC n. 12 de 27/01/2016, reconhecido pela portaria n. 938 de 01/09/2021 e também avaliado com conceito 4.

Coordenação: Prof. Dr. Fernando Ernesto Ucker;

Duração: 10 semestres;

Períodos: matutino ou noturno.

 

Engenharia Ambiental e Sanitária: Autorizado pela portaria MEC n. 1545 de 24/09/2010, reconhecido pela portaria n. 576 de 02/10/2014 e avaliado com conceito 4.

Coordenação: Prof. Dr. Fernando Ernesto Ucker;

Duração: 10 semestres;

Períodos: matutino ou noturno.

 

Engenharia Civil: Autorizado pela portaria MEC n. 342 de 29/05/2014, reconhecido pela portaria n. 68 de 28/01/2021 e também avaliado com conceito 4.

Coordenação: Profa. Ma. Amanda Mendes;

Duração: 10 semestres;

Períodos: matutino ou noturno.

Saiba mais! Conheça estes e outros cursos da UniAraguaia:

uniaraguaia.edu.br / (62) 3923-5400