Atualizada às 8h40 do dia 05/08/22

Um casal que interage apenas pelo celular, uma mulher que contrata uma dublê de si mesma e uma jovem que decide viajar para Marte e abandonar o amante. Críticas sobre temas do cotidiano são o ponto central do espetáculo Simples Assim, que entra em exibição em Goiânia neste sábado (6), às 21 horas, e no domingo (7), às 19 horas, no Teatro Madre Esperança Garrido. A montagem é baseada na obra da escritora Martha Medeiros e adaptada pela própria autora, ao lado da dramaturga Rosane Lima, com direção de Ernesto Piccolo. No palco, Julia Lemmertz, Georgiana Góes e Pedroca Monteiro.

A primeira sessão do espetáculo Simples Assim, que seria apresentada nesta sexta-feira (5), no palco do Teatro Madre Esperança Garrido, foi cancelada. Por recomendação médica, a atriz Julia Lemmertz, uma das protagonistas da peça, precisará fazer repouso. As demais datas, sábado (6) e domingo (7), seguem confirmadas.

“É um espetáculo delicioso, com crônicas baseadas no momento do mundo atual, em que a gente teve de arrumar formas de se comunicar por meio da internet, aplicativos e redes sociais. Por outro lado, se não fosse pela tecnologia estaríamos no deserto. São dez cenas que falam sobre isso, da loucura da vida e elas estão entrelaçadas umas nas outras. É uma comédia romântica com crítica em alguns momentos, mas divertida. Você está rindo da situação e, ao mesmo tempo, se reconhecendo nas diferenças e singularidades”, comenta a atriz Julia Lemmertz, em entrevista por telefone ao POPULAR.

A peça é uma adaptação dos livros Quem Diria que Viver Ia Dar Nisso (2018) e Simples Assim (2015), de Martha Medeiros. Sucesso de público e crítica em várias capitais, a primeira temporada de teatro foi realizada em 2019 e, no início do segundo ano de exibições, foi interrompida por conta da pandemia. Em outubro de 2020, o espetáculo ficou um mês em cartaz de maneira on-line. O elenco retorna agora para fechar a turnê durante o mês de agosto. Serão quatro finais de semana seguidos. Depois de Goiânia, o elenco segue para uma rodada dupla no Rio de Janeiro e encerra em Curitiba.

As duas coletâneas em que a peça se baseia reúnem cerca de 200 crônicas. Em todos os casos, há espaço para uma indagação: para onde foi a simplicidade do afeto tête-à-tête? A estrutura do texto segue um modelo inspirado em A Ronda, clássico do austríaco Arthur Schnitzler, com cenas aparentemente independentes, mas com um personagem sempre se repetindo no quadro seguinte. Os atores se revezam em vários papéis. “O que podemos tirar da peça é o questionamento de como está a nossa qualidade de vida com perguntas ‘de que tipo de pessoa é você?’”, adianta Júlia.

SERVIÇO
Espetáculo Simples Assim
Data: Sexta-feira e Sábado, às 21 horas, e Domingo, às 20 horas
Local: Teatro Madre Esperança Garrido / Avenida Contorno, nº 241, Centro
Ingressos: Plateia Inferior R$ 150 (inteira), Plateia Superior R$ 100 (inteira) e Bilhete Popular / Plateia Superior R$ 50 (inteira)
Classificação indicativa: 12 anos
Duração: 75 minutos
Lotação: 785 lugares
Informações: www.guicheweb.com.br/simplesassim