Bata os calcanhares três vezes e diga: “não há nada melhor do que o cinema”. A história de Dorothy e seus amigos será exibida neste domingo (26), na Praça Cívica, a partir das 19h. Escolhido pelo público, o filme ‘O Mágico de Oz’, de Victor Fleming, será a primeira exibição do Cinealmofadas neste ano. A sessão de cinema ao ar livre também terá concurso de almofadas e homenagem a duas personalidades do Cine Cultura.

A terceira temporada do projeto que pretende democratizar o acesso ao cinema acontece nos últimos domingos de junho, julho, agosto e setembro. Para cada sessão, os curadores selecionaram filmes baseados em temáticas pré-definidas pela produção. Neste mês, o tema é “a chegada do trem à estação: o primeiro e o descortinamento de um mundo novo”.

Dentre os três títulos selecionados pela curadoria, o público votou na rede social do projeto (@cinealmofada) e escolheu o musical de Victor Fleming, estreado em 1939.  ‘O Grande Ditador’, de Charles Chaplin, e ‘Vizinhos Vigilantes’, de Buster Keaton, eram os outros dois títulos. “Desde a primeira sessão nós queríamos que a escolha do filme fosse algo democrático”, ressalta o coordenador da curadoria desta temporada e um dos fundadores do Cinealmofada, Luís Fernando Sousa.

Baseado na obra infanto-juvenil de Lyam Frank Baum, publicada em 1990, o filme conta a história da menina órfã Dorothy Gale, que vivia na pacata cidade do Kansas, em companhia dos seus tios e de seu cãozinho, Totó, até ser levada por um tornado ao fantástico mundo de Oz. Para retornar à casa, Dorothy parte em uma jornada para encontrar o mágico de Oz, que pode ajuda-la. No caminho, a menina vive diversas aventuras ao lado de um homem de lata, que busca um coração, um espantalho, que deseja um cérebro, e um leão medroso, à procura de coragem.

Além da história de fantasia, o longa-metragem se tornou um clássico do cinema também pela sua trilha sonora. A mais conhecidas até hoje é “Over The Rainbow”, cantada por Judy Garland, e ganhadora do Oscar de Melhor Canção em 1939. O musical possui indicação classificatória livre e promete ser uma diversão para todos. “Gostei bastante da seleção do público e acho que vai ser uma sessão para toda a família”, diz Luís Fernando ao O POPULAR.

Concurso de almofada

Retomando a brincadeira das duas últimas edições, a terceira temporada do Cinealmofada irá premiar as almofadas mais criativas. O concurso oferecerá como brinde camisetas e cartazes de filmes históricos aos vencedores.

Os organizadores do evento irão selecionar as almofadas para que o público escolha as vencedoras. Para participar basta levar sua melhor almofada.

Homenagem à personalidades

A retomada do projeto de cinema à céu aberto também traz uma homenagem in memoriam de duas personalidade do Cine Cultura que faleceram entre o intervalo da última edição, em 2014, com a nova temporada.

Bartolomeu Marinho, projecionista do Cine Cultura e experiente na técnica de projetar películas de 35 milímetros, faleceu em decorrência da Covid-19, em 2021. Já João Henrique Pacheco, um dos organizadores das duas primeiras edições do Cinealmofada e também um dos fundadores do Coletivo Cine Cultura, foi vítima de um acidente fatal na ciclovia da Avenida Universitária.

10 anos de projeto

O projeto surgiu em 2012 com a intenção de levar os amante do cinema para a Praça Cívica, mesmo com o Cine Cultura fechado na época. Sem depender de uma estrutura e das tradicionais poltronas, o público precisaria apenas de almofadas para apreciar as obras cinematográficas. Daí veio o nome, Cinealmofada.

A primeira temporada aconteceu em 2012 e a segunda, em 2014. Segundo Luís Fernando Sousa, o público gostou bastante do projeto nas primeiras edições. “Agora a gente retoma com a terceira temporada, e esperamos que o público que já conhece o projete vá e também que a gente leve novas pessoas à Praça Cívica", diz um dos fundadores do Cinealmofada. 

(Yorrana Maia é estagiária do GJC em convênio com a PUC-GO)