Transmitir uma mensagem de positiva em tempos difícieis. Esse é o propósito do evento Sete Tons de Esperança, realizado pela produtora cultural Toca, em Iporá, na região Oeste de Goiás. A atração conta com uma instalação artística que serviu de cenário para a gravação do espetáculo infantil Quilombo Encantado, disponível nas redes socias. Aberta ao público desde o dia 24 de dezembro, a visitação se encerra nesta quarta-feira (5/1).

A instalação Sete Tons de Esperança está montada no cruzamento da Avenida Minas Gerais com a Rua Joaquim Lucas, no centro de Iporá. A entrada é gratuita e o horário de visitação é das 18h à 0h. A obra teve produção executiva da artesã Cida Barros e direção de arte de Eros Guimarães. Também contou com a colaboração da artesã Pamella Barros.

Esse é o segundo de realização do evento cultural que nasceu em homenagem e memória às vítimas da pandemia na cidade. De acordo com Eros Guimarães, a proposta é levar um pouco de leveza ao contexto de luto. “No dia 6, dia em que tradicionalmente são desmontadas as árvores de Natal, vamos desmonstar o espaço, que está em uma via pública”, explica o diretor de arte.

Ao longo dos últimos dias, o local foi palco da gravação para a peça, que será transmitida em sete etapas nas redes sociais da produtora, no Instagram e no Facebook (@tocaenergiacriativa). O prólogo já está disponível para o público. Os demais vídeos serão divulgados neste mês, gradativamente.

A peça conta a estória de um povo negro escravizado que encontra o Portal da Esperança, aberto ao fim de cada ano ligando a Terra ao Quilombo Encantado. O reino mágico,banhado a ouro, tem o poder de devolver a esperança para aqueles que a perderam. Ele é povoado por negros um dia escravizados no garimpo, que atravessaram o portal e se tornaram seres encantados.

Um desses seres é a Velha da Árvore, maga que a cada ano novo convida alguém que perdeu a esperança a reencontrá-la. Em 2022, este convite é feito à menina Dandara, que perdeu a mãe na pandemia. Dandara aceita o desafio de trilhar uma jornada de superação de seus sete maiores medos. Por esse motivo, o epetáculo é apresetado em sete atos nas redes sociais.

Tanto a instalação Sete Tons de Esperança quanto o espetáculo Quilombo Encantado são repletos de referências à cultura popular, que tem forte ligação com o povo do Oeste Goiano. O elenco e todos os profissionais de produção cultural envolvidos no projeto são moradores da região.