A temporada de caldos está oficialmente aberta em Goiás. Apesar do inverno só começar oficialmente no hemifério sul no dia 21 de junho, este ano, desde maio não é raro ter fins de tarde e noites com temperaturas amenas. Para aquecer os dias frios, nada melhor do que um caldo bem quentinho. Frango caipira, peixe, camarão, mocotó, feijão e abóbora cabotiá. Há sabores para todos os gostos, inclusive os veganos. 

Um dos espaços mais tradicionais da Grande Goiânia, o Cantinho Frio está há 33 anos no roteiro dos amantes de caldos e cremes quentes na capital. No restaurante, as cumbucas recheadas de receitas caseiras, aperfeiçoadas ao longo do tempo, são o carro-chefe até nos dias de calor. Mas no inverno a procura é dez vezes maior, de acordo com a gestora administrativa Ana Izaura Rodrigues de Azevedo. “Este ano, como está fazendo mais frio que nos anos anteriores, a gente está tendo que fazer uma força-tarefa maior para conseguir atender todo mundo. Está sendo muito bom”, comemora.

A ingestão de caldos e sopas é, inclusive, uma dica da nutricionista Jordana Araújo para manter a forma e a saúde nos dias frios. A especialista, que assina a coluna Saúde à Mesa no POPULAR, explica que, com as baixas temperaturas, o corpo envia com sinais de fome com o intuito de obter mais energia para manter o corpo aquecido e sobreviver, fato que pode favorecer o ganho de peso. “Como há maior dificuldade de comer saladas frias, invistir em sopas e caldos como refeição principal ajuda a manter um bom consumo de nutrientes e manter a pessoa aquecida”, diz.

O POPULAR preparou uma lista com alguns restaurantes que oferecem buffets de caldos, receitas típicas do prato e até sopa oriental. Confira!

Cantinho Frio 
Com um espaço dedicado inicialmente a sorvetes e sanduíches, o Cantinho Frio hoje se tornou referência em caldos e cremes quentes, com 10 sabores diferentes no cardápio. Frango caipira, palmito, camarão, carne seca e creme de queijo são algumas das opções da casa. A dica é misturar os sabores e apreciar as diferentes combinações, que podem vir, inclusive, servidas dentro do pão italiano . A cumbuca custa R$19,90. Endereço: R. 228, 53 - Setor Leste Universitário. Telefone: (62) 3202-4831. Mais informações @cantinhofrio

Estação dos Caldos 
Com 10 sabores diferentes, a Estação de Caldos realiza entrega de caldos e guarnições, como torradas, cheiro verde e queijo. Frango, feijão, mandioca, mocotó, peixe e costela são algumas das opções da casa que desde 2003 marca presença no Setor Bela Vista. Endereço: Av. T-13, 178 - St. Bela Vista. Telefone: (62) 3942-0404. Mais informações @estacaodoscaldos

Glória Bar e Restaurante 
Caldo de ervilha com bacon e caldo de feijão, além da tradicional feijoada. Aos sábados e domingos, os clientes encontram as três opções no Glória Bar e Restaurante por R$22. Endereço: R. 101, 435 - St. Sul. Telefone: (62) 3224-9033. Mais informações @bargloria

Aero Caldos 
São 16 opções de caldos e inúmeros acompanhamentos oferecidos pelo Aero Caldos. Quibebe, vaca atolada, chica doida e camarão são alguns dos sabores. De segunda a sábado, a casa oferece buffet por R$24,90. Na segunda-feira e às 23h dos demais dias, é oferecido no preço promocional de R$21,90.  Endereço: R. 2-A, 134 - St. Aeroporto, Goiânia - GO, 74075-080. Telefone (62) 3942-6064. Mais informações @aerocaldorestaurante

Obelisque 
Das ruas históricas de Lisboa ao centro-oeste brasileiro, o Obelisque serve o tradicional caldo verde da gastronomia portuguesa. A receita típica de Portugal, feita com couve e cebola, promete aquecer qualquer goiano neste inverno. Endereço: R. Duzentos e Quarenta e Cinco, 344 - St. Coimbra. Telefone: (62) 3291-5051. Mais informações @obelisquegooficial 

Pamonharia Caseira 
O milho já é um ingrediente tradicional na cozinha goiana. Pamonha, chica doida, angu, curau, e, claro, canja e caldo. Na Pamonharia Caseira é com foco nesse ingrediente que a casa oferece caldos e canjas, acompanhados de filé de frango desfiado e cheiro verde. O caldo de feijão, com bacon e calabresa, também é uma opção da casa. Endereço: Av. T-9, 4209 - Jardim Planalto. Telefone: (62) 3287-9011. Mais informações @pamonhariacaseira

Be Green 
Com a proposta de mostrar que o veganismo não perde em qualidade e sabor, o Be Green oferece o caldo vegano de abóbora de cabotiá com proteína de soja miúda. O buffet e o consumo do caldo sai por R$47,90 no restaurante, mas a porção do caldo de abóbora pode ser pedida pelo delivery por R$14,90. Endereço: R. 1130, 36 - St. Marista. Mais informações @begreenvegan 

Famu Restaurante
Se você acha que em Goiânia não se encontra ramen ou lamen, tradicional prato oriental feito à base de caldo e macarrão, o Famu Restaurante é um dos poucos na capital que conta com a opção no cardápio. O ramen custa R$ 69,00. Endereço: Rua T-53, 677 - Setor Bueno (em frente à Praça T-23). Telefone: (62) 99258-0220. Mais informações: @famurestaurante.

(Yorrana Maia é estagiária do GJC em convênio com a PUC-GO)

Leia também: 

- Arraiá Anhanguera volta a ter edição presencial em Goiânia

- Festival do Boneco tem apresentações em diferentes pontos de Goiânia

- De circo a parque temático, Goiânia já conta com opções para as férias da garotada