Imagine se alguém processasse as estrelas cadentes por desejos formulados e não atendidos enquanto elas caíam ignorantes e velozmente sobre a terra. Haverá em algum lugar algum precedente? Já existirá jurisprudência constituída a esse respeito? Se existir, lá vou eu. Indicam-me por acaso algum bom…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários